Catar jogará Copa América no Brasil e amplia lista de 'intrusos' no torneio

Até hoje, oito seleções que não integram a 'panelinha' da América do Sul já disputaram a competição como convidadas

Relacionadas

A Copa América de 2019, que será realizada no Brasil, contará com a Seleção do Catar entre as 16 equipes participantes. A revelação foi feita nesta quinta-feira por Iván Bravo, diretor da Aspire, uma academia esportiva fundada pelo governo do país árabe. Assim, a lista de "intrusos" no torneio originalmente disputado apenas por times sul-americanos contará com o nono elemento - que poderá chegar a dez caso se confirme a presença da China.

+ Ibrahimovic pode ser impedido de jogar a Copa do Mundo mesmo se convocado

+ 12 vezes que o 'Canarinho Pistola' virou assunto nas redes antes mesmo da Copa

+ 'La Torcida de Papel' ocupa lugares vazios no Mineirão e faz Cruzeiro virar piada

"Será a primeira vez que o Catar enfrentará seleções como o Brasil ou a Argentina. Trata-se de uma grande experiência para esta geração, que servirá para tornar mais natural o fato de competir em grandes cenários e contra grandes rivais, para que busquem competir no Mundial", disse Bravo, durante um congresso sobre futebol internacional que vem sendo realizado em Bilbao, na Espanha, e conta com a presença de personalidades do meio, como o ex-técnico da Seleção Brasileira Luiz Felipe Scolari.

Vale lembrar que o Catar sediará a Copa do Mundo de 2022. Já a Copa América será realizada de 14 de junho a 7 de julho do ano que vem. Além das dez seleções sul-americanas, o torneio deverá contar com seis convidadas. Fora o Catar, confirmado nesta quinta, Japão, China, Estados Unidos, México e um sexto time ainda não definido são esperados para vir ao país. Chegou-se a especular sobre a participação de algum membro da Uefa, como Portugal e Espanha, mas a dificuldade em conciliar o calendário da entidade europeia ao da Conmbol deve impedir o desejo dos organizadores da competição.

 

Quem vem de fora? - Desde 1993, a Copa América passou a contar com equipes convidadas. Estados Unidos e México fizeram as honras daquela vez. Os mexicanos nunca mais deixaram de jogar, engatando dez participações consecutivas. Durante os anos, times de fora até do continente americano, como o Japão, tiveram a oportunidade de marcar presença no torneio.

Em 2016, ano de comemoração do centenário da Copa América, o número de participantes subiu para 16, abrindo espaço a times pouco tradicionais, como Haiti e Panamá - os panamenhos acabariam surpreendendo posteriormente ao garantir uma das vagas da Concacaf ao Mundial da Rússia, deixando os EUA de fora.

Confira abaixo os intrusos que já desfilaram pelo principal campeonato de seleções da Conmebol e quantas vezes cada um jogou:

México - 10

Costa Rica - 5

EUA - 4

Jamaica - 2

Haiti - 1

Honduras - 1

Japão - 1

Panamá - 1

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolCopa América de Futebol
Comentários