Cazares é acusado de bater em mulheres em Minas Gerais

Jogador do Atlético-MG vai para a delegacia após registro das vítimas pelo 190

Relacionadas

A Polícia de Minas Gerais recebeu uma denúncia de agressão contra mulheres envolvendo o jogador Cazares, do Atlético-MG. A denúncia foi feita pelo telefone da Polícia, o 190. De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), a denunciante disse ter sido agredida pelo atleta. A informação é do globoesporte.com. A chamada foi registrada na manhã desta segunda-feira. A vítima teria sido levada para uma casa no bairro de Lagoa Santa, região metropolitana de Belo Horizonte. Quem acompanha o caso é o tenente Tiago Nasser, de acordo com a reportagem. 

De acordo com o B. O., "as duas vítimas alegam que o jogador teria oferecido a quantia de R$ 10 mil para que esse fato não viesse à tona. Para que não fosse chamado nem Polícia Militar nem a imprensa. Já ele alega que elas teriam solicitado esse valor para que esse assunto fosse mantido em sigilo", explicou o Tenente Tiago Nasser da Polícia Militar.

As vítimas ainda passarão por exame de corpo de delito. Os envolvidos serão encaminhados para a delegacia. Além do jogador, outros dois homens e uma mulher foram conduzidos para a DP. De acordo com o site, o policial informou que aparentemente havia lesões leves nas moças.

Cazares jogou domingo contra o Botafogo, no Rio. O time carioca ganhou por 2 a 1. A delegação do Atlético chegou a Confins no fim da mesma noite, quando os atletas foram dispensandos. O clube informou que vai aguardar a apuração dos fatos para emitir um posicionamento.

MAIS SOBRE:

futebolJuan Cazaresviolência contra a mulher
Comentários