China terá parque temático de Messi a partir de 2020: 'Jovens não vão a museus'

Atração na cidade de Nanjing teve investimento de R$ 625,8 milhões

Relacionadas

O Messi Experience Park, parque temático dedicado ao camisa 10 da seleção argentina e do Barcelona, será inaugurado no início de 2020, na cidade de Nanjing, na China, revelou nesta quinta-feira Jaume Roures, presidente do Mediapro, grupo espanhol responsável pelo projeto.

A instalação será construída em terreno de 83 mil metros quadrados. O investimento previsto é de 170 milhões de euros (R$ 625,8 milhões), tendo participação das empresas Mediapro Exhibitions, Phoenix Group e Leo Messi Management.

"Os jovens já não vão aos museus. Querem novas experiências, e nós a ofereceremos. Sobretudo, em termos de interação", afirmou Roures no lançamento oficial do parque, realizado em Barcelona.

Entre as atrações, estão produções audiovisuais, realidade virtual, realidade mista, personagens sintéticas, hologramas, além de soluções de imersão, feitas por software de última geração, revelou o presidente do Mediapro. "Queremos criar uma experiência total para o visitante", afirmou David Xirau, responsável pela empresa Mediapro Exhibitions.

A previsão é que, a partir do terceiro ano de funcionamento, o parque temático receba 4 milhões de visitantes anualmente. A expectativa é que 80% do público seja formado por chineses e o restante por turistas estrangeiros.

MAIS SOBRE:

FutebolChina [Ásia]seleção argentina masculina de futebolMessi
Comentários