Clube de futebol vegano consegue acesso inédito na Inglaterra

Forest Green Rovers baniu produtos de origem animal de seus jogos e ganhou até concurso de receitas

Relacionadas

Fundado em 1889, o Forest Green Rovers conseguiu, pela primeira vez na história, o acesso para a League Two (equivalente à quarta divisão inglesa), depois de uma vitória por 3 a 1 sobre o Tranmere, no domingo. O time da região de Nailsworth chama a atenção por um detalhe: adota o estilo vegano em seus jogos, nos menus de seus restaurantes oficiais e já venceu até um concurso de receitas. A grama do campo onde o clube manda suas partidas também é cultivada totalmente sem agrotóxicos.

Desde 2014, segundo o relato do portal UOL Esporte, o clube resolveu adotar o veganismo, depois de ter sido adquirido por um empresário militante na área ambiental, Dale Vince, de 55 anos. Desta maneira, pizza, hamburguer e churrasco foram banidos dos restaurantes oficiais do clube, da alimentação dos atletas e também proibidos de serem comercializados durante os jogos.

"Eu não podia estar envolvido em um projeto que oferecesse um menu com opções assim. Os cardápios de estádios são odiosos", diz Vince. De acordo com a reportagem, alguns torcedores fizeram reclamações principalmente pela retirada de hambúrgueres dos menus. "Eles são feitos com as piores partes dos animais. São alimentos baratos e sujos, e nós os substituímos por opções baseadas em plantas", explicou o cartola.

Fora de campo, em 2017, o Forest Green inscreveu uma receita em um tradicional concurso nacional de tortas que é feito no Reino Unido. O clube conseguiu um lugar entre os três melhores pratos vegetarianos da competição.

MAIS SOBRE:

futebol Futebol
Comentários