Clubes e jogadores desejam força ao agora ex-jogador Adílson nas redes sociais

Tanto o Atlético, onde Adílson jogava, quanto o Cruzeiro e outros times apoiam ex-atleta, que tem problema cardíaco

Relacionadas

Adílson, volante do Atlético-MG anunciou nesta sexta-feira que terá que se aposentar do futebol aos 32 anos. O atleta precisou deixar os gramados precocemente por causa de uma cardiomiopatia hipertrófica, detectada em exames realizados pelo departamento médico do clube alvinegro. Tanto o próprio time alvinegro quanto outros desejaram força ao ex-jogador por meio das redes sociais. Confira.

O problema foi o mesmo que causou a morte do zagueiro Serginho, do São Caetano, em 2004. Durante entrevista coletiva na Cidade do Galo, o jogador foi às lagrimas ao falar sobre o problema.

"Eu vim aqui só agradecer por todo o apoio, todo o suporte do departamento médico do Atlético, diretoria e presidente, que não estava no Brasil, mas fez questão de me ligar e me dar todo o apoio. Agradecer à rapaziada que está aqui. É isso que me fortalece. Já que estou nessa condição, é isso que eu gostaria de receber, então eu realmente agradeço a todos vocês por tudo que vocês têm feito", declarou Adílson.

Segundo o diretor de futebol do clube, Rui Costa, Adílson deve seguir no clube em outras funções. A ideia é que ele siga no Atlético até o final de 2020, quando acabaria o contrato. Adílson joga no Atlético desde 2015 e foi campeão mineiro em 2017 pelo clube. 

MAIS SOBRE:

futebolAtlético Mineiro
Comentários