Clubes ingleses cobram até R$ 3 mil para crianças acompanharem jogadores

Revelação dos preços dos pacotes para entrar junto com o time no gramado causa polêmica no país

Relacionadas

Uma reportagem do jornal inglês The Telegraph gerou polêmica no país no início desta semana. A publicação revelou que clubes da elite do futebol local têm cobrado até quase R$ 3 mil para que as crianças possam entrar em campo junto com os jogadores antes do início das partidas. Em alguns casos, há valores diferenciados para quem quiser acompanhar o capitão em vez de outro atleta.

Clubes como Arsenal, do Chelsea, do Liverpool, Manchester City, Manchester United e Newcastle escolhem as crianças por sorteio. Por outro lado, o Aston Villa cobra R$ 2,7 mil. O preço é o mesmo no Norwich para quem quiser entrar com o capitão, mas há um desconto se for acompanhar algum outro jogador. O valor sairá por R$ 2,3 mil. Também há relatos da prática de cobrança no Brighton e em times da segunda divisão.

As informações trazidas pelo jornal levaram autoridades locais a criticar os alto preços. "Isto mostra um privilégio para os mais favorecidos, uma vez que vai completamente contra as raízes do jogo, que privilegiam a classe trabalhadora", afirmou o novo diretor Comitê Digital, Cultura, Mídia e Esportes do Parlamento Britânico, Julian Knight.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Inglês de Futebol
Comentários