Colo-Colo organiza campanha beneficente para comprar botijões de gás

Clube recebe dinheiro de doações para garantir aquecimento durante o inverno em casas de pessoas carentes

Relacionadas

O Colo-Colo, do Chile, está com uma campanha em andamento para ajudar pessoas que estão sem dinheiro e com dificuldades para suportar o rigoroso inverno local. Em vez de agasalhos ou cobertores, a diretoria do clube recebe no site oficial doações para cobrar botijões de gás. O equipamento será destinado a famílias especificamente para contribuir com o sistema de aquecimento de ambientes de casas.

Intitulada "Fogo de Campeão", a campanha termina nesta sexta-feira, data em que o clube comemora o aniversário de 29 anos da conquista da Copa Libertadores de 1991. Até agora o Colo-Colo arrecadou dinheiro suficiente para comprar 200 botijões, porém espera encerrar a ação com o número de 300. A doação mínima é de cerca de R$ 30, valor que corresponde no Chile a um terço de um botijão.

Antes dessa campanha, o Colo-Colo havia se organizado para arrecadar e doar cestas básicas durante a pandemia do novo coronavírus. Após a ação dos botijões, voltada ao inverno, o clube pretende lançar outros tipos de mobilização, em especial voltadas à população idosa do Chile.

MAIS SOBRE:

futebolColo-Colocoronavíruscoronavírus [solidariedade e ações sociais]
Comentários