Com apenas um ano como técnico, Zidane já pode ter maior salário do mundo

Presidente do Real Madrid estaria encantado com a forma como o francês dirige a equipe

Relacionadas

Era dia 4 de janeiro de 2016 quando Zinedine Zidane foi confirmado como técnico do Real Madrid, que não vinha de bons resultados com Rafa Benítez. Exatamente um ano depois, com três títulos na bagagem, entre eles a desejada Liga dos Campeões e uma invencibilidade incrível, de 37 jogos, a maior da história do clube mais vencedor do mundo e o francês, carrasco do Brasil em 1998 e 2006, pode se tornar o treinador mais bem pago em todo o mundo.

Com vínculo com o Real Madrid até junho de 2018, Zidane é, segundo o jornal espanhol El Confidencial, o nono técnico mais bem pago do mundo, já que recebe "apenas" 5,38 milhões de euros, muito distante de Luis Enrique, do Barcelona, com 18,7 milhões de euros por ano. E como Florentino Pérez, presidente do clube, famoso por sua mania de grandeza, está encantado com o trabalho do antigo camisa 5 merengue, ele pode oferecer uma renovação de contrato, extendendo o vínculo com o treinador até 2020 e tornando-o o mais bem pago do mundo.

Ainda de acordo com a publicação, Zidane tem tanta moral com os jogadores do Real, que ele teria sido fundamental para as renovações de contrato de nomes importantes como Bale, Kroos, Modric e Cristiano Ronaldo, que exigiram a permanência do treinador para que decidissem assinar novos vínculos.

MAIS SOBRE:

FutebolZinedine ZidaneReal MadridLiga dos CampeõesBrasilZidaneBarcelonaRealCristiano Ronaldo
Comentários