Com direito a 'leão de fogo', Estudiantes reinaugura estádio, assista

Time argentino faz grande festa para volta ao 'Jorge Luiz Hirschi' após doze anos

Relacionadas

O Estudiantes de La Plata reinaugurou seu estádio, o 'Jorge Luiz Hirschi', neste sábado, com uma festa gigantesca. Tão grande quanto o leão holográfico que fez andar pelo teto da nova arena, em uma impressionante imagem. O estádio original havia sido demolido em 2007 para dar lugar ao que foi terminado.

Centenas de torcedores e ídolos puderam visitar o novo Jorge Luiz Hirschi desde a manhã do sábado para conhecer o local. À noite, houve um show de luzes, com o leão e fogos de artifício, e um amistoso festivo reunindo ex-jogadores e atletas do time feminino. Carlos Bilardo, grande ídolo do clube e que está em uma condição de saúde complicada, ganhou uma estátua. Confira.

“É emocionante vê-los aqui e que possam desfrutar esse retorno, que é um sonho e um anseio depois de tudo o que aconteceu. Isso não é somente da gestão que me acompanha, o verdadeiro caminho começou em 1999 e seguiu com outros três presidentes. Tivemos a sorte de terminar a obra. Esse não é um ponto de chegada, mas de partida, para muitos sonhos que vêm”, declarou Juan Sebastián Verón, ídolo e atual presidente do Estudiantes.

Mais festas estão sendo realizadas neste domingo, com a presença dos jogadores do time atual, shows musicais e mais uma partida envolvendo veteranos. A primeira partida oficial acontecerá no dia 30 de novembro, quando o Estudiantes enfrentará o Atlético Tucumán.

O novo estádio possui capacidade para 30 mil espectadores, e concilia modernidade com a tradição: enquanto há camarotes de vidro em uma das laterais, as arquibancadas são bastante íngremes, e sem divisórias em relação ao campo. A praça esportiva oferece museu, bar temático, pátio gastronômico, lojas comerciais, salas administrativas e até mesmo um ginásio poliesportivo. Também há uma integração com a área verde ao redor e atributos sustentáveis. 

MAIS SOBRE:

futebolEstudiantes
Comentários