Com protesto e bombas, torcida do Guarani se revolta com chegada de Richarlyson

Nome do volante com passagem pelo São Paulo não foi aprovado pelos torcedores do clube

Relacionadas

Depois de uma divisão de opinião entre dirigentes, o Guarani finalmente tomou uma decisão e confirmou a contratação do volante Richarlyson, que no ano passado defendeu o FC Goa, da Índia, e estava sem clube. O jogador, com passagem pelo São Paulo, foi um pedido do técnico Vadão e dividia opiniões dentro da cúpula, mas a palavra do treinador prevaleceu.

Logo após o anúncio, os torcedores se revoltaram e, nesta segunda-feira, antes da apresentação do volante de 34 anos, o Brinco de Ouro da Princesa, estádio do clube, foi alvo de pelo menos cinco bombas atiradas por dois homens em uma moto. Apesar das explosões, ninguém ficou ferido.

Apesar disso, Richarlyson, que enfrenta "perseguições" por suspeitas de sua orientação sexual, não se sentiu acuado e, em sua apresentação, declarou: "As pessoas que me rejeitam depois vão me aplaudir". "Espero ajudar o Guarani. Estou motivado e tenho a certeza de que minha experiência vai ser importante para o elenco", disse.

Revelado pelo Santo André, onde foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2003, o jogador passou ainda por Fortaleza, RB Salzburg, da Áustria, e Santo André até chegar ao São Paulo. No clube do Morumbi, viveu seu melhor momento, sendo campeão brasileiro em 2006, 2007 e 2008, além de fazer parte do elenco campeão mundial contra o Liverpool, no Japão, em 2005.

Richarlyson passou ainda por Atlético-MG, onde conquistou o bicampeonato mineiro entre 2013 e 2014 e a Libertadores de 2013. No ano seguinte, defendeu o Vitória e chegou a anunciar a aposentadoria. Em 2015, trocou o futebol pelo vôlei e atuou pelo Taquarituba, equipe de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo. No entanto, voltou aos gramados no mesmo ano e passou por Chapecoense, Novorizontino e FC Goa, da Índia, seu último clube.

MAIS SOBRE:

Futebol Santo André Vadão Índia Guarani Richarlyson São Paulo Brinco Princesa Copa São Paulo de Futebol Júnior Áustria Fortaleza Morumbi Liverpool Japão Libertadores Vitória Taquarituba Santa Cruz do Rio Pardo Chapecoense Novorizontino Futebol
Comentários