Companhia aérea demite funcionário que xingou jogador do Corinthians

Agressão verbal ocorreu após Clayson ser impedido de embarcar com a família para Natal, em viagem de férias

Relacionadas

O atacante Clayson, do Corinthians, passou por situação constrangedora nesta terça-feira. Antes de embarcar para uma viagem de férias com a família em Natal, Rio Grande do Norte, ele foi xingado por um funcionário da companhia aérea Latam. A agressão verbal foi registrada em vídeo pela mulher do atleta e o funcionário foi demitido.

De acordo com o relato de Amabile Araújo, mulher de Clayson, o representante da companhia aérea não autorizou o embarque do jogador e seus familiares mesmo com eles tendo chegado com uma hora de antecedência no guichê e apresentado todos os documentos necessário para a viagem. 

Além de não embarcar no voo que havia reservado, Clayson teria sido chamado de "jogadorzinho de m..." ao reclamar da situação. Em seguida, foi ofendido diversas vezes. Essas ofensas foram gravadas pela mulher do jogador.

Após a repercussão do caso, a Latam emitiu um comunicado oficial e afirmou que o funcionário foi demitido da empresa. "A empresa esclarece que seus colaboradores são capacitados para manter a calma e prestar o melhor atendimento aos nossos passageiros e lamentamos que isso não tenha ocorrido na ocasião", diz um trecho da nota.

"A companhia tomou as medidas cabíveis ao caso, com o desligamento do funcionário, uma vez que seu comportamento contrariou as normas de conduta da companhia e a maneira que a empresa preza pelo atendimento de seus clientes", completou a empresa.

 

MAIS SOBRE:

FutebolLatamClaysonCorinthians
Comentários