Conheça a probabilidade das quatro seleções restantes levantarem a taça

Veja também os placares mais prováveis de cada um dos jogos da semifinal da Copa do Mundo

Com a eliminação da Argentina, Espanha, Portugal, Uruguai e Brasil, a França se tornou a favorita para levantar o troféu da Copa do Mundo neste domingo. Isso, pelo menos, de acordo com o modelo matemático desenvolvido pela Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas. 

+ PSG fez oferta que tornaria Coutinho o jogador mais caro da história

+ Jornal italiano exibe camisa de Cristiano Ronaldo à venda em Turim

+ Kolinda, a 'presidente-torcedora' da Croácia que ganhou a internet

A seleção francesa tem 32% de chances de ganhar a Copa do Mundo da Rússia, seguida pela Inglaterra, com 24%, e a Bélgica, com 23%. A Croácia é a que tem menos possibilidades, com 21%.

Antes, uma simulação já havia apontado a França campeã e o Brasil eliminado pela Bélgica mas, desta vez, o estudo é ainda mais profundo: leva em conta a análise de mais de quatro mil jogos entre 222 seleções desde o início da Copa de 2014.

O professor Moacyr Alvim explicou ao Lance os possíveis placares para o duelo desta terça-feira, às 15h. "A probabilidade de acontecer um empate no jogo entre a Bélgica e França é grande. As chances do placar de 1 a 1 acontecer são de 12%", contou.

Em seguida, Moacyr afirma que aparece a vitória da França por 2 a 1, com 9%. "Já a desclassificação parece ser menos provável. O modelo matemático diz que a previsão da vitória belga por 2 a 1 é de 8%. Para o placar de 1 a 0 é de 7%", revela.

 

O cenário para a segunda partida da semifinal é ainda mais indefinido. Para o duelo desta quarta-feira, às 15h, entre Croácia e Inglaterra os cálculos mostram um equilíbrio ainda maior entre ambas as seleções. "A seleção inglesa tem 35% de chegar à final e a croata, 32%. As chances de prorrogação ou pênaltis são de 33%", analisa o professor na mesma entrevista ao portal. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]futebol
Comentários