Conmebol veta mensagem em camisa do Corinthians por manifestação política

Entidade impediu que a equipe entrasse em campo com o termo 'Democracia Corintiana' nas costas

Relacionadas

O Corinthians pretendia fazer uma homenagem para a Democracia Corintiana, mas foi impedido pela Conmebol. A entidade que administra o futebol sul-americano vetou o termo na camisa da equipe para a partida contra o Independiente, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, por entender que se trata de uma manifestação política.

+ Corinthians anuncia novo patrocinador por Whatsapp

+ Diego Hypolito recebe apoio dos fãs após revelar ter sofrido bullying

+ Cheerleaders de time da NFL dizem ter sido forçadas a virar acompanhantes

A ideia era exibir "Democracia Corinthiana" nas costas da camisa, onde normalmente está escrito a marca da Positivo. Mas com o veto, a novidade só será realizada na partida contra o Palmeiras, dia 13, na Arena Corinthians. Isso, claro, se a CBF autorizar.

Antes do jogo, o Corinthians inaugurou uma estátua em homenagem ao ex-jogador Sócrates, morto em 2011. O clube também divulgou a nova camisa, que será usada a partir desta quarta-feira. 

MAIS SOBRE:

Corinthians
Comentários