Copa do Mundo nem começou e já tem jogador suspenso na primeira rodada

Saeid Ezatolahi foi punido pela Fifa por expulsão nas Eliminatórias Asiáticas

Relacionadas

O meia Saeid Ezatolahi, jovem promessa do futebol iraniano que passou pelas categorias de base do Atlético de Madrid, será o único jogador da Copa do Mundo que não poderá disputar a primeira rodada da competição porque terá que cumprir uma suspensão imposta pela Fifa.

+ As melhores reações sobre sede de 2026: 'chutar a bola por cima do muro'

+ O que os jornais espanhóis estão falando sobre Lopetegui e seu substituto

+ Presos escrevem carta e iniciam greve de fome por TV a cabo para a Copa

O meia foi punido pelo comitê de disciplina da entidade por causa do cartão vermelho que recebeu durante a partida contra a Coreia do Sul, pelas Eliminatórias Asiáticas, no ano passado.

Apesar de não poder contar com Ezatolahi na estreia, o técnico português Carlos Queiroz não hesitou ao convocar o jogador que atua pelo Amkar Perm, da Rússia, e que, aos 21 anos, é considerado um dos maiores talentos do futebol asiático, onde ganhou o apelido de "Pogba persa".

Nascido na cidade portuária de Bandar-e Anzali, Ezatolahi é o goleador mais jovem da história da seleção do Irã, recorde que estabeleceu em 2015, ao entrar em campo com 19 anos e 42 dias na vitória por 3 a 1 sobre o Turcomenistão.

Revelado pelo Malavan, o meia impressionou desde cedo, estreando no Campeonato Iraniano com apenas 15 anos, além de ter se destacado no Mundial Sub-17 disputado em 2013, o que fez com que recebesse ofertas de clubes da Suíça, Turquia e Rússia.

O iraniano acabou optando pelas categorias de base do Atlético de Madri, onde teve um bom rendimento, marcando vários gols e disputando a Uefa Youth League, em 2014. No ano seguinte, subiu para o time C do clube espanhol e chegou a treinar junto com a equipe principal comandada por Diego Simeone.

Mas, em 2016, decidiu não esperar mais por uma oportunidade e aceitou a oferta do Rostov, da Rússia, onde estava o companheiro de seleção Sardar Azmoun. Em 2017, foi emprestado a outro clube russo, o Anzhi Makhachkala e, na sequência, na temporada 2017/2018, ao Amkar Perm, também da Rússia.

Na seleção iraniana que vai disputar a Copa do Mundo, o meia não deve ter problemas para ser escalado após a estreia. O jogador ganhou a posição com Carlos Queiroz durante as Eliminatórias e logo se tornou titular absoluto na classificação rumo ao Mundial, ajudando a segurar a invencibilidade da defesa.

Com 1,90 metros de altura, a jovem promessa iraniana vai além da presença física, sendo ágil dentro de campo e mostrando qualidade também no setor ofensivo.

 

MAIS SOBRE:

futebol Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol] Seleção Iraniana masculina de futebol
Comentários