Boliviano fecha com Corinthians de Prudente achando que era o da capital

Responsável pela operação foi agente que teria cobrado mais de R$12 mil da família do jovem Richar Vela

Relacionadas

Um jovem goleiro boliviano de 19 anos desembarcou em Presidente Prudente, interior de São Paulo, depois de fechar contrato com o Esporte Clube Corinthians, time local.

Até aí tudo bem, certo? Errado. Acontece que Richar Vela achou que estava sendo contratado pelo Sport Club Corinthians Paulista, o da capital. "Falaram Corinthians e recebi uma carta-convite. Acreditei que era Corinthians Paulista. Não me explicaram bem. O escudo é igual. Não me falaram Presidente Prudente, falaram São Paulo", disse o jovem ao UOL.

Segundo o UOL, o responsável pela operação foi o agente brasileiro Weillington Belchior, que mora na Bolívia. O agente teria cobrado mais de R$12 mil da família de Richar.

Richar não foi o único boliviano negociado com o Corinthians Prudente por intermédio de Wellington Belchior. Logo que chegou no clube do interior, Richar conheceu outros cinco atletas. De acordo com o presidente do clube, Pérsio Menezes, em entrevista ao UOL, esses já vieram sabendo de que o Corinthians em questão não era o da capital.

MAIS SOBRE:

FutebolCorinthiansFutebol
Comentários