Coutinho encontra menino que improvisou sua camisa: 'meu parceirinho'

Wallace, de 12 anos, mora na Vila Cruzeiro, favela na Zona Norte do Rio

Relacionadas

Assim como muitos brasileiros, Wallace, de 12 anos, acompanhava as partidas da seleção brasileira na Copa do Mundo. Porém, a sua torcida ganhou destaque após usar uma camisa improvisada de Philippe Coutinho na Vila Cruzeiro, favela na Zona Norte do Rio.

Fotografado por Bruno Itain, Wallace aparece assistindo ao jogo do Brasil contra a Costa Rica com uma camisa amarela e o nome de Coutinho escrito à mão, além do número 11. Nas redes socais, o profissional compartilhou o registro e pediu o auxilio dos seguidores para a publicação chegar até o jogador. 

E deu certo! Nesta sexta-feira o jogador da seleção brasileira e do Barcelona esteve no Recreio, Rio de Janeiro, para um encontro com o garoto. Coutinho publicou em seu Instagram registros dos momentos ao lado de Wallace e familiares. 

Nas fotos, o menino aparece com a mesma blusa que ganhou repercussão. Desta vez, autografada pelo craque brasileiro. Um vídeo também foi gravado pelo jogador, mandando um abraço para a comunidade onde o garoto mora. "Estou feliz para caramba de conhecer ele", disse em um trecho.

O caso

Em menos de quatro horas o pedido de Bruno foi atendido e Coutinho comentou o post no Instagam. "A foto chegou aqui! Te mandei mensagem no privado, quando puder responde", escreveu o brasileiro. 

Em sua mensagem privada, compartilhada pelo jornal O Globo, Coutinho afirmou ter ficado emocionado com o garoto. "Fala Bruno tudo bem? Vi a foto desse menino e fiquei emocionado e com vontade de conhecê-lo. Vi também que você tinha como entrar em contato com ele! Um abraço e aguardo uma resposta", disse.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Philippe CoutinhoBrasil [América do Sul]Barcelona [Futbol Club Barcelona]Rio de Janeiro [estado]Instagramfavelatorcidaseleção brasileira masculina de futebol
Comentários