Cristiano Ronaldo fica bravo com a vice-artilharia na Itália, diz jornal

Atacante da Juventus manifesta irritação por não ter superado marca de Ciro Immobile

Relacionadas

Amargura e raiva. Foram esses os sentimentos manifestados por Cristiano Ronaldo ao saber que não seria artilheiro e melhor jogador do Campeonato Italiano. Isso é o que revela o jornal La Gazzetta dello Sport nesta quarta-feira. De acordo com o veículo, o português não se contentou com a conquista do bicampeonato nacional. Além do troféu, ele almejava acrescentar em seu currículo a artilharia da terceira grande liga que disputou, a italiana.

Por onde passou Cristiano alcançou esse feito. Foi assim no Campeonato Inglês, pelo Manchester United, e no Campeonato Espanhol, pelo Real Madrid. Contudo, desde que chegou à Juventus, há dois anos, ele não atinge essa marca.

Na temporada 2018/19 Fabio Quagliarella, da Sampdoria, marcou mais gols. O italiano balançou as redes adversárias 26 vezes. Já Cristiano ficou cinco gols atrás, com 21 tentos. Na temporada encerrada no domingo passado, mais uma vez o português foi coadjuvante. Foram 31 gols, cinco atrás de Ciro Immobile, da Lazio, com 36. 

Ele sequer venceu o prêmio de melhor jogador da competição na temporada. O título, dessa vez, foi para as mãos de seu companheiro Paulo Dybala. 

Motivação não falta para o português. A Juventus volta aos gramados, nesta sexta-feira, em busca da classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões contra o Lyon. A equipe está atrás no placar. Na primeira partida, antes da interrupção da competição, os franceses venceram por 1 a 0.

MAIS SOBRE:

futebolCristiano RonaldoJuventus de TurimCampeonato Italiano de Futebol
Comentários