Cruzeiro e River se unem em apoio a projeto social de região carente de BH

Atletas Léo, do time brasileiro, e Lux e Zuculini, da equipe argentina, visitaram o 'Voa, Popular'

Relacionadas

Antes de um jogo decisivo pelas oitavas de final da Copa Libertadores, Cruzeiro e River Plate se uniram em prol de uma causa digna: os dois clubes fizeram doações ao projeto 'Voa, Popular', e jogadores dos dois times foram até o local onde ele é desenvolvido, na Vila Andiroba, em Belo Horizonte.

O zagueiro Léo, do Cruzeiro, o goleiro Lux e o meiocampista Zuculini, do River Plate, estiveram no local e interagiram com as crianças. Eles distribuíram materiais oficiais dos clubes para os atendidos pelo projeto, que busca fomentar a educação e a perspectiva de futuro através do lazer e do esporte, especialmente o futebol. Os mascotes do Cruzeiro, Raposão e Raposinha, também estiveram presentes.

"Um projeto social fantástico, gosto desse tipo de ação. São algumas coisas que favorecem a sociedade, como tirar as crianças da violência, das drogas, dando a elas uma nova perspectiva, um novo futuro. O esporte exige bastante disciplina, nos ensina questões da vida, de obediência, disciplina com hierarquia, horários.O esporte estimula, ensina, e com certeza eles estão aprendendo várias questões do mundo e da vida”, declarou Léo sobre a ação.

O zagueiro costuma participar desse tipo de ação promovida pelo clube. Em abril, durante a primeira fase da Libertadores, Léo esteve na entrega de materiais de higiene a uma entidade que atende crianças e adolescentes na Venezuela, quando o Cruzeiro foi enfrentar o Deportivo Lara no país.

Em campo, tudo está aberto entre o time mineiro e o atual campeão da Libertadores. Na ida, em Buenos Aires, o jogo acabou empatado em 0 a 0, com direito a pênalti perdido por Matías Suárez, do River, no minuto final do jogo. Quem vencer, leva; empate com gols, passam os argentinos, e novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

MAIS SOBRE:

futebolCruzeiro Esporte ClubeRiver PlateBelo Horizonte [MG]
Comentários