Daniel Alves se diz envergonhado com a final da Libertadores na Espanha

Lateral também afirma que espera uma mudança de posicionamento por parte da Conmebol

Relacionadas

A decisão de jogar o segundo duelo da final da Copa Libertadores em solo europeu tem sido alvo de inúmeras críticas. Dessa vez, quem comentou a confirmação feita pela Conmebol de que o jogo será disputado em Madrid no dia 9 de dezembro foi Daniel Alves, lateral do Paris Saint-Germain

Em três vídeos postados em suas redes sociais, o brasileiro definiu a decisão de ter o duelo entre Boca Juniors e River Plate no estádio Santiago Bernabéu, na Espanha, é "a maior vergonha que vi e que vou ver como jogador de futebol, como sul-americano".

"Penso que as outras pessoas, que não tem nada a ver com o sucedido, terão que pagar por alguns mal-educados. Muitos torcedores só teriam essa possibilidade de ver um Boca x River na final, e não vão poder ver porque mudaram, ou querem mudar, o jogo para a Europa", analisa o atleta em espanhol.

Daniel Alves também afirma que espera uma mudança de posicionamento por parte da entidade sul-americana. "Espero que isso não aconteça, para o bem do futebol e em respeito àqueles que não têm nada a ver com isso. Não se educa pessoas assim. Educa-se mal-educados ensinando bons modos", afirma. 

"Eu penso que os mal-educados têm que pagar pelos seus atos. E não aqueles que só querem desfrutar do futebol, viver esse momento", conclui. O camisa 2 também defendeu que o futebol tem que ser vivido com paixão, com inúmeros outros sentimentos, "mas sobretudo com respeito". 

 

MAIS SOBRE:

FutebolLibertadores [Copa Libertadores da América]Daniel AlvesfutebolBoca JuniorsRiver Plate
Comentários