De Bob Dylan a Elvis Presley: nova técnica da seleção e seu hobby de cantar

Pia Sundhage vai ser apresentada nesta terça-feira oficialmente pela CBF

Relacionadas

Há cinco dias, a sueca Pia Sundhage foi anunciada como a nova técnica da seleção brasileira. Nesta terça-feira, a treinadora será apresentada oficialmente e concederá entrevista coletiva às 15h. Mas além do fato de ela ser uma referência no futebol feminino, já se sabe outra curiosidade sobre ela que dá indícios de sua personalidade.

A sueca de 59 anos que esteve nas últimas três finais olímpicas do futebol feminino, com duas medalhas de ouro e uma de prata conquistadas, tem um hobby: cantar. E Pia solta a voz não só no chuveiro, mas também em entrevista coletiva, treino, durante a concentração antes de jogos decisivos e, pasmem, até em uma premiação da Fifa.

Confira abaixo o que ela fez na coletiva antes da final do Mundial com a seleção norte-americana, em 2011, quando acabaram sendo derrotadas pelo Japão. No ano seguinte, a reviravolta: a treinadora voltou a cantar, mas dessa vez ao receber o prêmio de melhor treinadora de 2012, quando foi campeã olímpica em Londres em cima das japonesas.

Depois de cantar um trecho de "It's not for you", de Bob Dylan, na festa da Fifa, Pia Sundhage voltou a prestigiar o cantor com a composição "Forever Young" em um discurso em uma formatura do Ripon College, no estado americano do Wisconsin. 

"Jailhouse Rock", de Elvis Presley, foi a escolha da treinadora em seu penúltimo treino à frente da seleção norte-americana, em 2012, com direito até a violão ganho de presente da Federação Americana. "You are my sunshine", do Johnny Cash, foi interpretado em um vídeo publicado pelo Chicago Red Stars.

Assista alguns dos vídeos abaixo. O do prêmio da Fifa é necessário ver no Youtube, a cantoria acontece a partir de 3 minutos.

MAIS SOBRE:

futebol femininoPia Sundhageseleção brasileira feminina de futebol
Comentários