De Ligt revela razões que o fizeram ir para a Juventus: Sarri e tradição

Conversa com Cristiano Ronaldo aconteceu quando holandês já teria decidido ir para o clube italiano

Relacionadas

Matthijs de Ligt foi apresentado nesta sexta-feira na Juventus, onde jogará ao lado de Cristiano Ronaldo e será treinado por Maurizio Sarri. E, segundo o jovem zagueiro, quem teve mais importância nessa transferência foi o técnico, não o novo colega.

"Eu falei com o Sarri no telefone antes de chegar para conhecê-lo. Ele foi uma das razões pelas quais eu queria vir para cá, ouvi muitas coisas boas sobre e ele e gosto de sua filosofia de futebol e como ele prepara a defesa", declarou.

De Ligt havia conversado com Cristiano Ronaldo na final da Liga das Nações Europeias, quando Portugal bateu a Holanda por 1 a 0, mas, segundo o zagueiro, àquela altura ele já havia decidido para onde iria. "Depois da final da Liga das Nações, eu tinha certeza que queria ir para a Juventus, no entanto, ainda foi um grande elogio o Cristiano me pedir para juntar aqui - mas não fez a diferença", citou.

O holandês ainda citou outra razão para ir ao clube italiano. "Eu vim para cá porque a Itália é um dos países mais tradicionais para defensores. A Juventus é um grande passo à frente para mim. O Ajax era um ambiente mais jovem e aqui eu espero aprender com grandes campeões como Chiellini, Buffon, Cristiano Ronaldo e muitos outros", acredita De Ligt.

MAIS SOBRE:

futebolJuventus de TurimMatthijs de LigtMaurizio SarriCristiano Ronaldo
Comentários