De olho na formação de jogadores, clubes investem em 'cidade esportiva'

Ideia é tornar os treinamentos mais eficientes e dar maior conforto aos atletas na Espanha

Relacionadas

O novo conceito de "cidade esportiva" proposto pelos clubes de futebol da Espanha pretende tornar as sessões de treinamento mais eficientes e consequentemente fazer o jogador ficar mais confortável nas instalações do clube. Celta, Levante e Real Valladolid são bons exemplos de times que já iniciaram seus ambiciosos projetos de transformação, para ter instalações esportivas de ponta.

O diretor da área de negócios do Celta, Carlos Cao, contou qual a estratégia do clube. "É hora de reforçar o modelo de crescimento esportivo baseado nas categorias de base. Dentro do modelo esportivo que estabelecemos, é extremamente importante criar uma identidade adequada para o time de jovens e nutrir o time profissional de jogadores, transformando-os em atletas de referência na equipe".

O projeto da nova cidade esportiva do município de Mos contempla um estádio para 4.000 espectadores, além de oito campos de futebol. O local ainda pretende ser diferente devido à sua localização estratégica. O objetivo, segundo Carlos Cao, é ter "outros esportes, lazer esportivo e não esportivo, atividades na natureza, shows e festivais de música, projetos importantes como o que já existe na Universidade do Esporte, com diplomas próprios e outros vinculados à Universidade de Vigo, ou a criação de um ecossistema vinculado a startups de tecnologia no ambiente esportivo".

Já o Real Valladolid quer expandir suas instalações atuais com a construção de uma nova cidade esportiva em outra área de Valladolid, no bairro de Pinar de Jalón. Este novo complexo esportivo será dedicado exclusivamente ao futebol de base, para ambos os sexos, e a cidade esportiva já existente - ao lado do Estádio José Zorilla - também aumentará de tamanho e terá suas instalações modernizadas.

"O desafio do novo presidente (Ronaldo Nazário) e de sua equipe, é apostar firmemente na base como o melhor recurso para progredir tanto esportiva quanto socialmente e financeiramente. A intenção é criar uma estrutura eficaz o suficiente para que todos os anos jovens jogadores treinados em nossa academia estejam dispostos a reforçar a equipe profissional", explica David Espinar, diretor do gabinete presidencial do Real Valladolid.

No Levante, o objetivo é ter instalações de primeira classe, impulsionando a categoria de base, contribuindo positivamente para a melhoria do bairro de Nazaré, sendo uma instalação de referência em aspectos educacionais que complementam o treinamento dos jogadores, e incorporando e assumindo o conceito de sustentabilidade ambiental. A nova cidade esportiva é um dos projetos que marca a estratégia do clube de se estabelecer na elite, pelos próximos anos, com instalações de primeira classe.

 

MAIS SOBRE:

futebolValladolid
Comentários