De olho nele, Palmeiras: atacante do Boca é destaque na imprensa argentina

Boca Juniors está muito perto de conquistar o título argentino

Relacionadas

Adversário do Palmeiras nesta quarta-feira, pela Libertadores, o Boca Juniors pode conquistar o título argentino já no fim de semana, dois jogos antes do fim da competição. O clube argentino vem de uma ótima vitória contra o Newell's Old Boys, por 3 a 1, e teve um jogador que foi considerado o destaque da partida: Cristian Pavón é o nome dele.

'Nenhum atacante é mais completo do que CR7', diz jogador do Bayern

TJD arquiva processo da final do Paulista e reacende debate entre torcedores 

Irônico: Rogério Ceni diz que Leco sente sua falta no São Paulo 

A imprensa argentina na segunda-feira era quase toda em cima dele. As matérias destacam a atuação do atacante, que deu a assistência para o primeiro gol de Ábila, ex-Cruzeiro, e fechou o placar com um belo chute. Para quem não se lembra, o camisa 7 foi quem deu o passe para aquele gol de Tevez no empate por 1 a 1, no Allianz Parque.

O Olé deu nota 10 ao jogador, enquanto o Crônica lembrou que Jorge Sampaoli, técnico da seleção argentina, pode o convocar para a Copa do Mundo com tranquilidade. Aos 22 anos, o atacante chegou a 65 partidas consecutivas como titular.

 

Con el Mejor...

Uma publicação compartilhada por Cristian Pavon (@kchanpavon) em

Para a partida contra o Palmeiras, o Boca não vai contar com meia Cardona e o volante Wilmar Barrios, ambos lesionados. Outra novidade deve ser a presença de Nahitán Nández, que cumpriu três jogos de suspensão por conta da confusão que se envolveu com Felipe Melo, na Libertadores do ano passado, quando ainda atuava com a camisa do Peñarol. 

O Palmeiras lidera com sete pontos e agora terá dois jogos seguidos fora de casa, este contra o Boca, e Alianza Lima. A equipe alviverde está dois pontos a frente do clube argentino, segundo colocado da chave, que encara o Junior fora de casa e o Alianza Lima, na última rodada, na Argentina. 

MAIS SOBRE:

FutebolPalmeirasLibertadores [Copa Libertadores da América]Boca JuniorsTevez
Comentários