De Rossi, da Itália, foi até o ônibus da Suécia pedir desculpas por vaias

Meia da Azzurra, que ficou fora da Copa, parabenizou adversários pela vaga e se desculpou por manifestações em hino

Relacionadas

O meia da seleção italiana Daniele de Rossi, jogador do Roma, foi até o ônibus da delegação da Suécia após o empate em 0 a 0 entre as duas equipes, em Milão, na segunda-feira, para se desculpar em nome dos italianos com os suecos pelas vaias ouvidas durante o hino nacional da Suécia.

Cristiano Ronaldo anuncia nascimento de quarta filha, Alana Martina

Ronaldo Fenômeno grava vídeo com recado para comemorar o título; assista

Casemiro diz que 'Neymar sempre será bem-vindo ao Real Madrid'

O fato foi destaque na imprensa italiana nesta quinta-feira - ainda em meio às repercussões do fato de a Azzurra ter ficado de fora da Copa do Mundo da Rússia. As informações foram publicadas pelo portal Tutto Balutto.

De Rossi também se desculpou pela agressividade de alguns integrantes da Itália durante a primeira partida, realizada em Solna, na Suécia, e ainda parabenizou os oponentes pela classificação à Copa do Mundo.

Outro jogador italiano que reprovou a vaia durante o hino sueco foi a lenda - agora aposentada - Gianluigi Buffon. O goleiro, que ficou de fora da sua sexta Copa do Mundo, bateu palmas durante o hino sueco, na partida em Milão.

 

MAIS SOBRE:

futebolfutebolseleção italiana masculina de futebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários