De salário, Neymar ganha 27 vezes mais que as cinco jogadoras mais bem pagas

Ranking dos rendimentos foi revelado pela revista France Football

Relacionadas

Uma tradicional revista especializada no mundo da bola, a France Football, realiza rankings dos maiores salários dentro do esporte. Além do ranking dos treinadores, a publicação também aponta quem são os jogadores, homens e mulheres, mais bem pagos

O levantamento escancara a desigualdade de salários dos gêneros no esporte. Vamos à primeira comparação: Ada Hegerberg, líder entre as mulheres eleita melhor do mundo em 2018, recebe 400 mil euros por ano, o que dá cerca de R$ 1,73 milhão.

Entre os homens, a primeira colocação fica com Lionel Messi. O camisa 10 do Barcelona ganha 325 vezes a mais do que a atacante do Lyon. Se formos comparar com Neymar, descontando o bônus e outros rendimentos inclusos no ranking masculino, ou seja, focando apenas no salário, o brasileiro recebe 48,9 milhões de euros (R$ 211,9 milhões) anuais.

Se somados, os rendimentos de todas as cinco primeiras mulheres do ranking (Ada Hegerberg, Amandine Henry, Wendie Renard, Carli Lloyd e a Marta) resultam em 1,79 milhão de euros (R$ 7,7 milhões). Portanto, o atacante do Paris Saint-Germain ganha só de salário 27 vezes mais do que todas as atletas.

Focando apenas em Marta, 5ª colocada na lista e eleita a melhor do mundo no ano passado, a brasileira tem um ganho 143 vezes inferior ao do astro do PSG. A seis vezes melhor do mundo ganha salário de 340 mil euros (R$ 1,49 milhão) anuais. Isso, se comparado aos ganhos de modo geral, significa um rendimento 269 vezes menor do que o da jogadora do Orlando Pride. 

MAIS SOBRE:

futebolNeymarMessiAda HegerbergMartasaláriomulherfutebol feminino
Comentários