Equipe médica comenta evolução de Neymar e lesão de Douglas Costa

Tanto Douglas Costa quanto Fagner ainda são dúvidas em amistoso do Brasil

Relacionadas

Em processo final de recuperação de uma lesão, Neymar apresenta uma evolução física “melhor do que esperávamos”, afirmou nesta quarta-feira o preparador físico Fábio Mahseredjian, em coletiva de imprensa com membros do departamento médico da seleção brasileira em Teresópolis.

Joalheiro de luxo planeja visita à seleção para entregar celulares de ouro

Inédito! Música escrita por Dinho, dos Mamonas, fala sobre a Copa do Mundo

Feriado em jogos do Brasil na Copa? Entenda o que a lei determina

Mahseredjian, que apareceu diante da imprensa ao lado de Rodrigo Lasmar, chefe do departamento médico, e do fisiologista Luiz Antônio Crescente, se mostrou animado com a condição física do camisa 10 do Brasil.

“Ele vem evoluindo muito bem, treinando todos os dias. Estamos trabalhando com a evolução do atleta, como está essa evolução. O que hoje posso afirmar é que a evolução dele está muito bem, até melhor do que esperávamos”, cravou Mahseredjian.

Lasmar, responsável pelo procedimento cirúrgico no pé direito de Neymar, realizado no início de março, deu mais detalhes sobre o processo de recuperação do atacante, que tem previsão de voltar a disputar uma partida oficial nos amistosos pré-Copa contra Croácia (3 de junho), em Liverpool, e Áustria (10 de junho), em Viena.

“Ele está nessa fase de retorno progressivo, de volta aos gestos habituais. O próximo passo é treinar com o grupo, depois jogar. Tudo faz parte da programação para ter superado todos os obstáculos, para que se sinta seguro. Neste primeiro momento, vamos dosar, ver a resposta que ele apresenta”, explicou o chefe do departamento médico da seleção.

Douglas Costa

Na Granja Comary desde segunda-feira, os jogadores convocados por Tite aproveitaram os dois primeiros dias de concentração para realizar uma bateria de avaliações médicas e físicas, na qual foi constatada uma lesão inesperada, a de Douglas Costa.

“Tivemos uma surpresa que foi o Douglas Costa. No último jogo do Campeonato Italiano ele se queixou de uma dor no posterior da coxa. Um exame de imagem constatou uma pequena lesão muscular, então não esperem ter o Douglas Costa nos próximas dias nos treinos que serão feitos”, adiantou Lasmar, colocando em dúvida a presença do atacante da Juventus nos amistosos pré-Copa.

Liga dos Campeões

Outra preocupação da comissão técnica da seleção é o trio formado pelo lateral Marcelo, o volante Casemiro e o atacante Roberto Firmino. Os três jogadores, envolvidos na final da Liga dos Campeões, neste sábado, só irão se apresentar a Tite no dia 28, em Londres.

Segundo Mahseredjian, a melhor maneira de lidar com o desgaste físico desses três atletas é mantê-los no mesmo regime de treinamentos que vêm seguindo em seus respectivos clubes.

“Eles vão seguir um processo de treinamento. Vão seguir como se não tivessem parado de jogar, como se a temporada continuasse. Vamos ter sim que ter cuidados individuais, e a partir daí, com o retorno deles, saber como administrar essa carga de trabalho”, concluiu o preparador físico, lembrando que é preciso esperar a disputa da final da Champions, uma partida de alta intensidade física, para se ter uma melhor noção de como os atletas irão se apresentar.

Após uma semana de treinos na Granja Comary, a delegação brasileira viaja no dia 27 rumo a Londres, onde finalizará a preparação para os dois últimos amistosos pré-Copa do Mundo, contra Croácia e Áustria.

MAIS SOBRE:

FutebolTiteNeymarDouglas CostaRodrigo LasmarLiga dos Campeõesseleção brasileira masculina de futebol
Comentários