Detalhe na postagem da Conmebol sobre final da 'Liberta' anima gremistas

Entidade divulgou as datas e locais das decisões do torneio sul-americano pelo Twitter

Relacionadas

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou na tarde desta quinta-feira as datas dos dois jogos das finais da Copa Libertadores. No perfil oficial do Twitter, a entidade divulgou uma montagem com os rostos de atletas do Boca Juniors e River Plate, mas um detalhe chamou atenção dos gremistas.

Ao anunciar que os duelos foram marcados para dois sábados, nos dias 10 e 24 de novembro, a entidade máxima do futebol sul-americano coloca um adendo, que deu esperança aos torcedores do clube gaúcho de ainda ver a equipe na final: "Sujeito à decisão da Unidade Disciplinar referente à reivindicação do Grêmio", escreveram.

A diretoria do Grêmio revelou que a entidade vai julgar o caso neste sábado. Isso, por conta do protesto do clube em relação a participação irregular de Marcelo Gallardo, técnico do River que estava suspenso pela entidade no jogo da última terça-feira e, mesmo assim, compareceu ao estádio.

Gallardo também descumpriu a proibição de se comunicar com seus comandados: "disfarçado", foi ao vestiário da equipe durante o intervalo do jogo na arena gremista e as câmeras de TV flagraram o argentino em um camarote falando com sua comissão técnica por meio de um rádio.

Em resposta a publicação, o post mais curtido pelos internautas apresenta um documento assinado por todos os times e pede justiça. Com isso, os torcedores criaram e passaram a usar a hashtag #UseORegulamento.

"Parece-me que as 4 equipes assinaram algo que deve ser cumprido. O que o Grêmio exige é completamente compreensível. Façam justiça. Ainda dá tempo", escreveu Mariano Ruiz no twitter.

Em outra postagem, a Conmebol divulgou que a partida de ida da decisão do torneio será no estádio de La Bombonera, casa do Boca, às 16h (horário local), assim como ocorrerá também no jogo de volta, no Monumental de Núñez, onde será conhecido o campeão desta edição da competição.

 

MAIS SOBRE:

FutebolConmebolLibertadores [Copa Libertadores da América]TwitterfutebolGrêmioMarcelo Gallardo
Comentários