Detran do Rio fará projeto de controle biométrico por digitais em estádios

Órgão de trânsito usará, como base, seu próprio banco de dados

Relacionadas

Os torcedores que frequentam estádios no estado do Rio de Janeiro deverão, em breve, passar por um controle biométrico por meio das impressões digitais, para acesso aos locais de jogos. E será o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ), que ficará responsável pela elaboração do projeto que visa identificar baderneiros, com base em seu próprio banco de dados.

As informações são do portal UOL Esporte e têm como base uma reunião já realizada entre o órgão de trânsito, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça do Rio.

Segundo a reportagem, a pressa em torno do assunto aumentou depois dos fatos ocorridos em São Januário, estádio do Vasco que foi destruído pela própria torcida há duas semanas, após o clássico contra o Flamengo. Com a biometria, diz o Ministério Público, a Polícia Militar seria capaz de identificar torcedores com antecedentes ou impedidos pela Justiça de frequentar jogos já na entrada dos estádios, e assim barrá-los.

Os quatro grandes clubes do Rio e a Federação Estadual (Ferj) tinham pedido e obtido, no entanto, uma liminar pedindo o adiamento da instalação do sistema. As alegaçõers dos clubes dão conta de altos custos e dificuldades técnicas, além das grandes filas que seriam geradas nas entradas dos estádios para o controle, o que obrigaria os torcedores a chegarem com grande antecedência.

Essa decisão, agora, foi derrubada, e a implementação do sistema deve ser discutidas nas próximas reuniões entre representantes das equipes.

MAIS SOBRE:

futebolfutebol
Comentários