Diego Maradona possui três filhos em Cuba, revela advogado do ex-jogador

Primeira esposa do ídolo argentino o ironiza: 'faltam três para completar o time"

Relacionadas

O advogado do ex-jogador Diego Maradona, Matías Morla, revelou nesta sexta-feira (8) que o astro argentino possui três filhos em Cuba, de duas mulheres diferentes. Até então, o técnico do Dorados de Sinaloa, do México, tinha cinco filhos com quatro mães diferentes. Agora, caso seja confirmada a paternidade do ex-atleta nestes casos, o número aumentará para oito.

Segundo Morla, em uma entrevista ao canal Eltrece, Maradona deverá viajar para Cuba no meio do ano e que o argentino realizará exames de DNA. "Vamos fazer os exames de DNA. São de mulheres diferentes e Diego (Maradona) irá reconhecê-los quando voltar a Cuba", explicou Morla.

O advogado também informou que as reivindicações estão na Justiça cubana. Além disso, caso a paternina seja confirmada, Maradona pretende dar aos seus filhos o seu sobrenome.

O ex-jogador argentino foi pela primeira vez para Cuba em 2000, com o objetivo de fazer um tratamento de reabilitação por seu vício de drogas. De acordo com o Eltrece, um destes supostos filhos possui 18 anos de idade. Morla informou que está em contato com o adolescente.

A primeira esposa de Maradona, Claudia Villafañe, utilizou as redes sociais para ironizar o ex-jogador. "Faltariam três para o time de 11. Você consegue", escreveu a ex-esposa do argentino. Aos 58 anos, Maradona é treinador do Dorados de Sinaloa, clube que disputa a segunda divisão do Campeonato Mexicano.

MAIS SOBRE:

futebolMaradonaCuba [América Central]
Comentários