Dirigente da Inter 'não se perdoa' por vender Coutinho: 'Grande erro'

Jogador teve poucas oportunidades no clube italiano antes de ser vendido

Relacionadas

Uma das maiores estrelas do futebol mundial na atualidade, Philippe Coutinho brilha com a camisa do Liverpool nas últimas temporadas. Porém, sua trajetória na Europa poderia ser muito diferente. Isso porque ele foi negociado pelo Vasco para a Inter de Milão. O clube italiano, sem dar muitas oportunidades para o meia, decidiu abrir mão de seu talento poucos anos depois. E isso ainda atormenta a cabeça de quem tomou essa decisão.

"Vendê-lo foi um grande erro, talvez um dos maiores durante estes 20 anos que estou na Inter", declarou Piero Ausili, diretor esportivo do clube, em entrevista à ESPN, lamentando o fato de ter liberado o jogador em 2013, poucos meses depois de voltar de um empréstimo do Espanyol.

Hoje, quatro anos depois, Coutinho é titular da seleção brasileira e um dos jogadores mais valorizados no mundo, sendo especulado até mesmo no Barcelona, que poderia pagar até 60 milhões de libras. Apesar disso, recentemente renovou seu vínculo com o Liverpool e passou a ser um dos jogadores mais bem pagos do futebol inglês.

MAIS SOBRE:

FutebolPhilippe CoutinhoLiverpoolEuropaVascoEspanyolCoutinhoBarcelona
Comentários