Discussões, cachorros e gol sem querer: a Libertadores finalmente começou

Selecionamos os momentos mais marcantes do primeiro dia do campeonato

A Libertadores começou mostrando tudo que a transformou no campeonato mais querido do continente. Teve de tudo: lances violentos, discussão, jogador ignorando a regra de não tirar a camisa e até cachorro na arquibancada. 

A fase preliminar da competição começou com três partidas, que resultaram na vitória do boliviano Universitario Sucre sobre o uruguaio Montevideo Wanderers por 3 x 2. No mesmo dia, o Deportivo Capiatá, do Paraguai, ganhou do Deportivo Táchira, da Venezuela, por 1 x 0 e, ainda, o equatoriano Independiente del Valle venceu o peruano Deportivo Municipal.

Pela primeira vez, a competição sul-americana tem um formato com 47 clubes. O Brasil estreia apenas na segunda fase, em fevereiro, com o Atlético Paranaense e o Botafogo. Selecionamos os momentos mais marcantes do primeiro dia, confira:

1) Cachorro na arquibancada do uruguaio Wanderers: 

2) Dancinha de comemoração dos jogadores do boliviano Sucre:

3) Gol marcado quase "sem querer" também pelo Sucre:

4) Bicicleta falhada do equatoriano Indepediente del Valle:

5) Indepediente del Valle provando que também sabe fazer gol:

6) Jogada "pacífica" entre o Capiatá, do Paraguai, e o Deportivo Táchira, da Venezuela:

7) Discussão "saudável" entre paraguaios e venezuelanos: 

8) Jornalista (atrás da goleira) lamentando gol perdido pelo Indepediente del Valle:

MAIS SOBRE:

FutebolLibertadoresFutebol
Comentários