Dono do PSG come no bandejão e 'luta' com criança no instituto de Neymar

Nasser Al-Khelaifi visitou a instituição criada por Neymar, brincou com crianças e disse que veio para acompanhar a recuperação do atleta

Relacionadas

O dono do Paris Saint Germain, o catari Nasser Al-Khelaifi, visitou o Instituto Neymar Jr. na tarde desta terça. Ele veio ao Brasil para acompanhar a recuperação de Neymar e foi recebido pelo pai do atleta.  

+ Marquezine vence rodada de pôquer em mansão de Neymar; veja

+ Incrível! Goleiro faz gol nos acréscimos e dá vitória a seu time

+ Mito: Não existe figurinha difícil ou carimbada no álbum, garante Panini

Alguns rumores davam conta de que a visita do presidente do time parisiense era para evitar a saída de Neymar do seu clube. Na segunda, Khelaifi o visitou e disse ter gostado do que viu. “Foi uma oportunidade de olhar em seus olhos e ver que ele quer voltar. Ele é forte, está muito motivado para voltar para Paris assim que estiver pronto", disse.

"Espero que ele volte antes do final da temporada para jogar alguns jogos e ajudar o clube, porque estamos sentindo a falta dele”. Essa é a segunda semana de recuperação no Brasil, após a cirurgia no pé direito.

A indicação médica é que nos primeiros dias ele tenha de manter o pé para cima, sem pisar. O tratamento levará até três meses. Mesmo assim, deve estar em condições para o Mundial que começa no dia 14 de junho - o Brasil estreia dia 17, contra a Suíça. 

A transferência de Neymar para o PSG foi a mais cara da história do futebol, por 222 milhões de euros ou R$ 888 milhões. Ele tem contrato até junho de 2022. 

MAIS SOBRE:

Paris [França] Nasser Al-Khelaifi
Comentários