Dono do PSG virá ao Brasil para convencer Neymar a não deixar time

Nasser Al Khelaifi deve vir ao País para lutar pela permanência do brasileiro, segundo a TV francesa TF1

Relacionadas

Os rumores de que o brasileiro Neymar pode deixar o Paris Saint-Germain cresceram tanto que até o dono do time, o catari Nasser Al Khelaifi, deve vir ao Brasil para convencer o atacante a não deixar a equipe, segundo o canal francês TF1. Khelaifi teria também a companhia do diretor esportivo da equipe, Antero Henrique.

+ Conheça a casa de R$ 28 milhões onde Neymar vai se recuperar de cirurgia

+ Dos 12 grandes do Brasil, quem é o maior campeão do século?

+ Cansado dos privilégios de Neymar, Cavani pode deixar o PSG, diz jornal

A transferência de Neymar para o PSG foi a mais cara da história do futebol, por 222 milhões de euros ou R$ 888 milhões. Ele tem contrato até junho de 2022. 

O jornal espanhol AS noticiou recentemente que representantes do Real, o pai de Neymar e dois advogados se reuniram em Paris para discutir uma possível transferência. No encontro, a equipe espanhola teria demonstrado interesse em contar com o atacante e deixado clara a intenção de pagar os 400 milhões de euros para convencer o PSG a liberar o brasileiro

Em entrevista nesta semana, o técnico Zidane já disse que as portas do Real estão abertas ao brasileiro. "Neymar teria lugar em qualquer time do mundo", disse. 

O jogador está na cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro, para se recuperar de uma cirurgia no pé direito. Ele deve ficar sem jogar por três meses e não estará com a seleção nos dois jogos preparatórios marcados para o mês que vem, diante de Rússia e Alemanha. Mesmo assim, deve estar em condições para o Mundial que começa no dia 14 de junho - o Brasil estreia dia 17, contra a Suíça. 

MAIS SOBRE:

futebol Paris Saint-Germain Neymar
Comentários