Durante a Copa, goleiro croata chora ao lembrar de amigo morto em campo

Hrvoje Custic morreu em abril de 2008 num acidente trágico durante um jogo

Herói da classificação da Croácia às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, Danijel Subasic se emocionou nesta terça-feira, em entrevista coletiva concedida em Adler, cidade próxima a Sochi, ao ser lembrado sobre o amigo Hrvoje Custic, que morreu em abril de 2008 num acidente trágico durante um jogo.

+ Novo Mick Jagger? Maradona vira piada após vestir a camisa da Colômbia

+ Brasileiros lamentam queda da Colômbia na Copa do Mundo: 'vamos vingar'

+ Imprensa sueca transborda otimismo após classificação: 'Não importa o rival'

Custic foi homenageado pelo goleiro após o atleta da seleção croata agarrar três penalidades na decisão com a Dinamarca no último domingo, em Nijni Novgorod.

Ao final da partida contra os dinamarqueses, que terminou empatada por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, Subasic exibiu uma camisa que usava por baixo de seu uniforme com a inscrição "Para sempre", em referência a Custic. O goleiro que defende o Monaco, da França, sempre usa a camiseta para manter viva a lembrança do amigo e homenageá-lo, mas ainda se emociona quando fala sobre o trágico episódio.

Em uma partida pelo Zadar, em 2008, o atleta se chocou de cabeça contra um muro que ficava próximo ao campo. Foi hospitalizado, mas poucos dias depois morreu devido a uma grave lesão cerebral. Tinha somente 24 anos.

"Isso foi o que aconteceu. Vocês conhecem a história", afirmou Subasic, entre lágrimas, ao ser lembrado por um repórter sobre o delicado assunto. "Não penso, a partir do meu ponto de vista, que exista a necessidade de explicar mais uma vez esta situação", reforçou.

Presente na entrevista coletiva ao lado do goleiro, o zagueiro Dimagoj Vida consolou o companheiro de seleção e destacou que o mesmo traz ao time nacional uma "energia extremamente positiva e sempre mostra suas emoções sobre ele (Hrvoje Custic), incluindo o dia de hoje".

A Croácia treinou no início da noite desta terça-feira (no horário local), em Adler, e o trabalho foi bastante descontraído. O lateral-esquerdo Ivan Strinic e o volante Mateo Kovacic ficaram fora desta atividade que visou o duelo contra a Rússia, no próximo sábado, às 15 horas (de Brasília), em Sochi, pelas quartas de final do Mundial.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Hrvoje Custicseleção croata masculina de futebolfutebol
Comentários