'É mais estressante ser treinador do que jogador', define Pirlo, da Juventus

Ex-volante chegou à conclusão mesmo com apenas dois jogos oficiais no comando de um time profissional

Relacionadas

Pirlo está apenas começando a carreira como treinador, tendo feito somente dois jogos oficiais no cargo de técnico do time principal da Juventus. Mas o tempo já serviu para chegar a uma conclusão sobre o trabalho: é muito mais estressante do que estar em campo, já que não pode influir diretamente no desenvolvimento da partida.

"É definitivamente mais estressante do banco de reservas porque, em campo, eu podia decidir o que queria fazer com a bola. Do banco, eu posso administrar, mas são outras pessoas interpretando os seus papéis, que estão jogando a partida, então é mais difícil como treinador", comentou o técnico da Juventus em entrevista ao site da Uefa.

"Quando eu estava jogando, eu tinha um certo estilo que significava que eu poderia me envolver em certas situações e ser decisivo em certas situações em campo. Agora, eu tenho que fazer isso sozinho do banco de reservas", comparou Pirlo.

Na entrevista, Pirlo também falou sobre como é ser treinador de antigos companheiros de time, como Buffon e Chiellini. "Talvez não tenha sido muito fácil para eles me ver como treinador no começo, mas, em algumas horas, eles entenderam que minha função seria diferente. Então, a atitude deles mudou rapidamente. Eles podem me ajudar muito porque eles sabem o que significa jogar pela Juventus e sabem o que significa vencer", acredita o ex-volante.

Por fim, elegeu Guardiola como um exemplo para os novos treinadores da geração. "Guardiola é um exemplo para todos nós. Ele está mostrando e já mostrou que é um dos melhores. Desde que estava com o time jovem do Barcelona e depois subindo ao time principal. Ele mostrou que jovens treinadores que buscam promover um certo tipo de futebol ofensivo são um exemplo para todos", confirmou.

Nos dois jogos que a Juventus já disputou no Campeonato Italiano, a equipe conquistou uma vitória por 3 a 0 contra a Sampdoria e empatou com a Roma em 2 a 2.

MAIS SOBRE:

futebolJuventus de TurimPirloCampeonato Italiano de Futebol
Comentários