'Na rua, ele afina', diz goleiro do Juventude sobre Anderson Daronco

Goleiro Marcelo Carné critica como maneira como o árbitro conduz os jogos

Relacionadas

O goleiro do Juventude, Marcelo Carné, não ficou nada satisfeito com a arbitragem de Anderson Daronco na partida entre o seu time e o Grêmio, disputado na manhã deste sábado. Apesar de reconhecer que o time tricolor mereceu a vitória, ainda criticou o estilo do juiz conduzir o jogo.

"O Grêmio envolveu a gente, a superioridade do Grêmio foi bem clara. Só que é ruim quando o Daronco apita, porque ele tenta se impor, porque ele é malhado, forte, o caramba... Mas é engraçado, porque se você o encontra na rua, ele 'afina'", afirmou o goleiro.

"É uma palhaçada, cara... Ele quer se impor, quando vai falar do pênalti quer te encarar, olhar na cara, aí você tem vontade de falar certas coisas... Fica chato", prosseguiu, durante entrevista pós-jogo ao canal Premiere.

Na partida, Daronco marcou três pênaltis para o Grêmio, o primeiro deles bastante polêmico, e validou o primeiro gol do time de Renato Gaúcho após conversar com o auxiliar, que havia marcado impedimento.

Carné ainda reclamou da atuação do árbitro em outra partida, contra o Internacional no primeiro turno do Gaúcho. "O Daronco foi lá em Caxias (do Sul) e é muito ruim quando ele apita, fica chato o jogo. Teve uma falta ali no Alisson que estava com o pé dentro da área, aí ele não deu porque lá ele fez m..., porque não era para dar e ele deu", finalizou.

MAIS SOBRE:

futebolGrêmioAnderson Daronco
Comentários