Edílson diz ter jogado mais que Messi e Neymar e que era mais habilidoso que CR7

De acordo com o ex-jogador, falta personalidade ao argentino, enquanto o português é "só força"

Relacionadas

Edílson Capetinha afirmou ter jogado mais que Messi e Neymar durante o auge de sua carreira. De acordo com o ex-jogador, ele está na frente do atacante do Barcelona por conta de sua personalidade e por ter conquistado uma Copa do Mundo, feito que o argentino ainda não realizou.

“Para ele jogar mais do que eu, ele tem que ser campeão mundial. Eu tenho personalidade. O Messi, para jogar mais do que eu, tem que ser campeão mundial”, explicou Capetinha, durante o programa Donos da Bola, da Bandeirantes, na última terça-feira (13).

O ex-Corinthians ainda afirmou que foi mais habilidoso que Cristiano Ronaldo e disse que o português é constituído apenas de “força”, resgatando uma polêmica de Renato Gaúcho, que também havia dito ter jogado mais que craque da Juventus.

“O Renato Gaúcho falou que jogou mais que o Cristiano Ronaldo. O Cristiano Ronaldo é só força, chuta de direita, de esquerda. Eu sou mais habilidoso que ele”, disse.

Na melhor fase de sua carreira, Edílson Capetinha integrou o elenco pentacampeão da seleção brasileira, conquistou o título inédito do Mundial de Clubes de 2000 com o Corinthians, sendo eleito o melhor jogador da competição internacional. Foram 314 gols, em 737 jogos.  

MAIS SOBRE:

futebolEdilson CapetinhaMessiCristiano Ronaldo
Comentários