Elenco do PSG está rachado entre brasileiros e europeus, diz TV francesa

Neymar expôs parte da situação ao reclamar da postura de jovens do elenco no último sábado

Relacionadas

Após a derrota na final da Copa da França, o PSG parece estar novamente em uma crise, segundo a imprensa francesa. Parte da situação teria sido causada por Neymar, que reclamou publicamente da postura de alguns jovens do elenco. O vestiário do time de Paris estaria rachado em 'brasileiros' e 'europeus', segundo o canal RMC.

A emissora descreve essa divisão como comum no futebol e recorrente em outros clubes, e afirma que o alemão Thomas Tuchel foi contratado também com o objetivo de unir o atletas, mas não obteve sucesso. Os jogadores europeus veriam os brasileiros como privilegiados, enquanto os brasileiros veem falta de comprometimento entre alguns europeus.

Depois de fazer 2 a 0 em vinte minutos na final da Copa da França, o PSG sofreu o empate e perdeu nos pênaltis. Neymar desabafou após o final da partida. “Tem que ser mais homem dentro do vestiário, mais unido. Todo mundo correr. Pelo que vejo ali, tem muito jovem que é um pouco, não digo perdido, mas faltam mais ouvidos do que a própria boca. Tem que escutar mais do que falar", criticou.

O jornal Le Parisien ouviu um psiquiatra especializado em esporte sobre porque o PSG sofre com viradas deste tipo - antes na temporada, o time foi eliminado pelo Manchester United da Liga dos Campeões em Paris depois de ganhar fora por 2 a 0. “Em Paris, eles estão na zona de conforto. Você tem que tirar aquilo. O PSG vence tudo na Ligue 1 e fica lá. Individualmente, uma neurose do fracasso pode acontecer. Mas não com um grupo todo”, opinou o psiquiatra Olivier Brochard.

O treinador do time, Thomas Tuchel, é visto como alguém com influência sobre o elenco, mas que comandou o time em um dos piores anos recentes. Ainda assim, ele deve ser mantido para a temporada 2019-20.

MAIS SOBRE:

futebolParis Saint-GermainNeymarThomas Tuchel
Comentários