Em autobiografia, Sneijder culpa estilo de vida 'rock n' roll' por fracasso no Real

Meia holandês teve problema com a bebida; em ocasião, foi a festa com George Clooney e Megan Fox antes de jogar pela Liga dos Campeões

O ex-meiocampista Wesley Sneijder lançou uma autobiografia recentemente, no qual conta seus títulos e vitórias como jogador, mas também alguns pontos bem baixos. Entre eles, o fracasso no Real Madrid, onde jogou entre 2007 e 2009. Ao relatar o período, o holandês cita a bebida e o estilo de vida que levava como razões para não ter sucesso no clube espanhol.

Relacionadas

"Eu não notei que mudar para o Real também significava  que eu me mudei para a noite de Madri. Fui sugado para ela. Era jovem, estava aproveitando o sucesso e amando toda a atenção. Eu não usava drogas, mas bebia muito e tinha um estilo de vida 'rock n' roll' como uma das estrelas do Real Madrid", contou.

"Eu estava sozinho em Madrid, vinha pouco à Holanda. E por que não ficar sozinho quando você tem amigos para passar o tempo livre? O que eu não notei é que em Madri, a garrafa de vodca era minha melhor amiga. Fisicamente eu nem percebi, continuei jogando. Mas bem menos concentrado. Minha atitude não era digna do Real Madrid. Menti para mim mesmo e apaguei minha inteligência no futebol. Afundei fisicamente. Corri menos, escondi minha técnica, achei que ninguém notaria", refletiu.

Segundo Sneijder, alguns companheiros, como Van Nilsterooy e Robben tentaram alertá-lo sobre o problema, o que teve pouco efeito. Sneijder acabou tendo dois casamentos destruídos por conta do álcool, embora ainda mantivesse um nível bom dentro de campo. Ainda assim, acabou se aposentando com apenas 36 anos.

NOITADA COM ESTRELAS DE HOLLYWOOD

Em uma ocasião, Sneijder conseguiu aproveitar a noite e ainda se destacar em campo, já na Inter de Milão. "Uma vez, eu e minha esposa fizemos festa em um desfile da Armani com George Clooney, Megan Fox e algumas estrelas de Bollywood. Nós chegamos em casa às seis da manhã e, no dia seguinte, eu marquei um gol e dei uma assistência contra o Werder Bremen na Liga dos Campeões', relatou.

A partida foi disputada em 29 de setembro de 2010 - a Inter de Milão venceu por 4 a 0, sendo que os outros três gols foram marcados por Eto'o. A Inter de Milão havia vencido a Liga dos Campeões na temporada anterior, com Sneijder sendo um dos maiores destaques do time na campanha.

MAIS SOBRE:

futebolSneijderReal Madrid Club de FutbolInter de Milão [Internazionale]alcoolismo
Comentários