Em fase difícil no Botafogo, Montillo propõe abrir mão de salários até voltar

Após três temporadas na China, argentino não se conforma com dificuldades na readaptação ao futebol brasileiro

Relacionadas

Inconformado com as dificuldades que vem enfrentando no Brasil depois de três temporadas no futebol chinês, o argentino Montillo, principal contratação do Botafogo para este ano, quer ficar um tempo sem salários. Afastado após uma contusão por pelo menos um mês, o jogador procurou a diretoria do clube com a proposta. O Botafogo recusou.

Segundo reportagem publicada pelo portal Globoesporte.com, Montillo fez apenas um gol em 12 jogos com a camisa do Botafogo, em um amistoso contra o Rio Branco-ES em janeiro. Recentemente, o atleta de 33 anos sofreu uma lesão muscular que o deixará fora por pelo menos um mês e, por causa disso, teria deixado o treino às lágrimas.

Com um dos maiores salários do clube, ele foi à diretoria e propôs ficar sem pagamento até voltar, mas o presidente Carlos Eduardo Pereira agradeceu e recusou a oferta. A diretoria, que o considera símbolo da reestruturação do Botafogo, informou que dará todas as condições até a total recuperação do camisa 7 botafoguense.

No Instagram, apesar da chateação demonstrada a pessoas próximas, o argentino dá mostras de amor ao clube. "Vou voltar muito mais firme e muito mais forte. Eu agradeço todo dia em ter esse torcedor que sempre está me puxando para cima. Vamos que vamos", postou Montillo junto da foto do filho, com o uniforme do Botafogo. Confira:

 

MAIS SOBRE:

futebolFutebolBotafogo
Comentários