Em outra função, Henry mais uma vez é carrasco da seleção brasileira

Francês faz parte da comissão técnica da seleção belga e é o responsável por treinar os atacantes que estão no Mundial

A comissão técnica da seleção da Bélgica, que derrotou o Brasil por 2 a 1 nesta sexta-feira, conta com um ex-jogador bastante conhecido e temido pelos brasileiros. O francês Thierry Henry é auxiliar técnico de Roberto Martínez no comando do time belga. Quando jogador, o ex-atacante já tirou o Brasil da Copa do Mundo.

+ Tabu mantido: Brasil nunca ganhou uma Copa sem atletas do SPFC e Palmeiras

+ Brasileiros invadem perfil de Fernandinho após falha: 'maldito, imundo, desgraça'

+ O sonho acabou! Seleção brasileira é eliminada pela Bélgica e vira meme

Henry foi o autor do gol da França na vitória por 1 a 0 sobre o Brasil, na Copa de 2006 e ainda fez parte do time que derrotou a seleção brasileira por 3 a 0 no Mundial de 1998, mas ele não chegou a entrar nessa partida. 

A função de Henry na seleção belga é treinar os atacantes da seleção e os números mostram que o francês sabe muito bem como fazer gols. Ele marcou 356 gols na carreira e foi ídolo da França e do Arsenal, da Inglaterra. 

Com Henry no banco de reservas, como auxiliar, a seleção belga está na semifinal e vai disputar uma vaga na Copa do Mundo com a França, que derrotou o Uruguai. 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários