Contra o Newell's, Maradona é tratado como rei e ganha trono

Argentino vive dia de ídolo e adversário ao comandar a vitória do Gimnasia La Plata nesta terça-feira

Relacionadas

Diego Maradona viveu um dia de ídolo e adversário nesta terça-feira. O argentino comandou a vitória do Gimnasia La Plata por 4 a 0 sobre o Newell's Old Boys, seu ex-clube, no estádio Marcelo Bielsa, em Rosario, na Argentina. Por lá, foi recepcionado com festa e homenagens.

A idolatria por Maradona é tão grande que o Newell's Old Boys reservou até um trono para o ex-jogador e agora treinador assistir à partida. Mas as homenagens começaram antes do confronto. O clube de Rosário presenteou o argentino com um quadro homenageando sua mãe e fez o ídolo ir às lágrimas.

Apesar da grande paixão do Newell's Old Boys por Maradona, a passagem do argentino pelo clube está longe de ter boas recordações. O ídolo vestiu a camisa da equipe entre 1993 e 1994 depois de ser pego no doping e não conquistou nenhum título. Além disso, disputou apenas cinco partidas por conta de lesões.

Mas o currículo de Maradona com a camisa da equipe parece não fazer diferença para os torcedores do Gimnasia La Plata, que festejou a presença do treinador em seu estádio, mesmo após perder o jogo, que contou com gols de Leandro Contín, Maximilliano Caire, Tijanovich e Ariel Matías Garcia.

MAIS SOBRE:

futebolMaradonaGimnasia y Esgrima La PlataNewell's Old Boys
Comentários