Em tom de brincadeira, Cafu diz que vai jogar na China após a Copa

Declaração pega alguns jornalistas de surpresa em Mônaco, mas tudo não passou de uma brincadeira do brasileiro

Relacionadas

Ao comentar sobre Paulinho, do Barcelona, o ex-jogador Cafu disse que pode voltar aos gramados após a Copa do Mundo da Rússia e atuar em um clube chinês. A declaração pegou alguns jornalistas de surpresa, mas tudo não passou de uma brincadeira do brasileiro, durante entrevista realizada em Mônaco para a entrega do prêmio Laureus.

+ Ex-goleiro se torna funcionário de antigo fã que virou presidente

+ Romarinho grava vídeo com nova provocação ao Palmeiras; assista

+ Willian tenta ler bilhete escrito por Mourinho e viraliza nas redes

"O futebol chinês vem ganhando força e falavam que quem ia para a China não tinha mais chance na seleção ou em um time grande. O Paulinho provou que isso é errado. O futebol chinês vem aprendendo muito com os outros países e acho isso muito legal. Hoje tem um futebol mais conhecido, levam grandes treinadores e administradores. Muita gente depois da Copa vai para a China, acredito. Eu não tive oportunidade e, quem sabe depois da Copa, consigo jogar lá também", disse, sorrindo logo em seguida.

Cafu tem 47 anos e pendurou as chuteiras há 10, quando defendia o Milan. Ele iniciou a carreira no São Paulo e passou por Zaragoza, Juventude, Palmeiras e Roma. Cafu ainda atuou por 16 anos na seleção brasileira.

Paulinho fez um caminho diferente. O meia se transferiu para o Guangzhou Evergrande em 2015 e se destacou, foi chamado por Tite para voltar à seleção brasileira e acabou sendo contratado pelo Barcelona, onde é um dos destaques do clube de Messi.  

MAIS SOBRE:

futebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Prêmio LaureusCafuMônaco [Europa]
Comentários