Emissoras batem recorde com a transmissão da Liga dos Campeões

O segundo tempo da partida ficou à frente até mesmo do jogo entre Corinthians e São Bento

Relacionadas

Mesmo com o Galvão Bueno se distraindo e perdendo o primeiro gol do jogo entre Real Madrid e Paris Saint-Germain, marcado pelo francês Rabiot, a transmissão da partida pela Liga dos Campeões alcançou marcas históricas. Nem a atuação apagada de Neymar, que veio a ser criticado pela imprensa europeia na manhã seguinte, impossibilitou o fato. 

Neymar usa as redes sociais para desabafar e agradece por 'momentos difíceis'

Pai de Neymar rebate Casagrande após críticas: 'Comportamento de abutre'

Messi e cia atacam de cozinheiros e fazem criança comer brócolis; veja vídeo

A Globo repetiu o feito de outros meios de comunicação e vendeu a primeira partida decisiva das oitavas de finais como um duelo entre Cristiano Ronaldo e Neymar. Com isso, conseguiu um recorde histórico de audiência durante torneio interclubes europeu: 24,6 pontos na Grande São Paulo. 

O segundo tempo da partida ficou à frente até mesmo do jogo entre Corinthians e São Bento, exibido no mesmo dia, mas mais tarde, pelo Campeonato Paulista. E também do episódio daquele dia da novela "Deus Salve o Rei".

A Band, que também transmitiu a Liga, teve média de 8,6 pontos. O resultado do futebol na tarde desta quarta significou não só a sua melhor audiência do ano, como foi, também, a maior audiência de uma transmissão da emissora dividida com a Globo, superando a final da Champions da temporada passada, quando o Real bateu o Juventos por 4 a 1.

MAIS SOBRE:

futebolCristiano RonaldoGalvão BuenoLiga dos CampeõesRede GloboNeymarBand
Comentários