Empresa usa espaço para pedir novos patrocinadores ao futebol feminino

Guaraná Antarctica colocou frases nas placas de publicidade para incentivar novos patrocinadores

Relacionadas

Embora a torcida ainda não esteja liberada para os jogos, as mulheres do Brasileirão Feminino não irão entrar sozinhas em campo. O Guaraná Antarctica, que já é parceira oficial do esporte no Brasil há mais de duas décadas e anunciou recentemente o patrocínio ao campeonato nacional, vai usar as placas no gramado para convocar novos patrocinadores para a modalidade feminina. A primeira ação aconteceu no duelo de quarta-feira entre Santos x Audax, na Vila Belmiro.

Para isso, em vez de propagandas, frases como "Espaço reservado para o próximo patrocinador" e "Patrocine você também o futebol feminino" ganharão a lateral dos gramados.

A iniciativa de Guaraná Antarctica reforça o compromisso da marca em apoiar as mulheres do esporte que é paixão nacional. Um estudo publicado pela Brand Finance, em agosto de 2019, apontou que a categoria deixa de faturar US﹩ 1,2 bilhão (R﹩ 4,8 bilhões) em patrocínios por ano, no mundo todo, em comparação ao masculino.

"As mulheres entram em campo todos os dias, não apenas nas competições mundiais. Por isso, depois do apoio à Seleção Brasileira e o movimento Futebol Feminino é Coisa Nossa que trouxe 15 patrocinadores para as atletas no ano passado, era o momento de valorizar e investir ainda mais no campeonato mais importante do país", explica Pedro Thompson, diretor de marketing de Guaraná Antarctica. "Lançamos esse movimento hoje e esperamos que, em breve, outras empresas estejam com Guaraná nas placas da lateral do campo e incentivando as mulheres no esporte", completa.

Os jogos do Brasileirão Feminino A1 contam com transmissão na TV aberta, (Rede Bandeirantes), além das plataformas de streaming, Twitter e MyCujoo.

MAIS SOBRE:

futebol femininoguaranápatrocínio esportivo
Comentários