Entenda como três clubes podem fazer os restantes terem queda na renda de TV

Os outros 17 times podem ser afetados pela decisão do Atlético-PR, Bahia e Palmeiras

Relacionadas

Caso se concretize a decisão do Atlético-PR, Bahia e Palmeiras de não fecharem com a Globo por uma queda nos valores por terem fechado parceria com a Turner, todos os outros 17 times podem ter uma perda na receita de televisão pelo Brasileiro do ano que vem. 

Preço cem vezes maior e agressões físicas: o perigoso uso de táxis na Rússia

Após polêmica, Juninho Pernambucano está fora da Globo e SporTV

Manchester City faz homenagem aos jogadores em suas cidades natais

De acordo com as informações do blog do Rodrigo Matos, no Uol, esses três clubes fechados com o Esporte Interativo representam praticamente 30% dos jogos da Série A. Isso resultaria que o pacote vendido pela Globo seria 70% do atual, e o assinante do pay-per-view não necessáriamente vai aceitar pagar o mesmo valor por um produto que não tem todos os jogos. 

No contrato, a Globo deu uma garantia mínima de R$ 750 milhões para os clubes caso as vendas não atinjam o valor esperado. Já caso os valores superem as expectativas, os times ficam com 38% do total do ppv, e o restante fica com a própria emissora. O problema vem a seguir: caso a adesão não seja completa, a garantia mínima deixa de valer. 

Neste caso a distribuição da receita será feita por fatia da torcida. Para ter uma ideia da dimensão que isso pode tomar, o blog dá exemplifica com clubes como o Corinthians e o Flamengo, que devem arrecadar mais de R$ 100 milhões em pay-per-view em 2019: o que representaria quase metade de suas receitas de televisão do Brasileiro.

Enquanto negocia com as equipes do Esporte Interativo, a Globo pensa em estrategias para diminuir os danos caso isso não se concretize. Além da possível perda com a publicidade, o canal ainda deve tentar lançar novos produtos na internet para maximizar suas receitas.

MAIS SOBRE:

FutebolAtlético ParanaensePalmeirasRede GloboEsporte InterativotelevisãoCampeonato Brasileiro de Futebol
Comentários