ESPN lança série sobre a discriminação com gays dentro do futebol

Reportagem acompanhou torcedores homossexuais em jogos para mostrar o preconceito

Relacionadas

Atenta aos problemas enfrentados pelos homossexuais, a ESPN estreia a série "Futebol fora do armário", especial de três reportagens no SportsCenter e no WatchESPN sobre a LGBTfobia no futebol. A reportagem esteve junto de diversas torcidas em São Paulo e no Rio de Janeiro, acompanhou torcedores homossexuais em jogos para mostrar o preconceito velado e abordou os torcedores sobre discriminação e inclusão. O tema foi levado para discussão com jogadores profissionais, dirigentes, além de membros de times de futebol formado majoritariamente por integrantes LGBT. 

Em uma ação inédita, a reportagem dá voz e torna visíveis os torcedores LGBTs nas arquibancadas, com depoimentos de dezenas de torcedores de diversos times do país, declarando suas diferentes orientações sexuais e gêneros. A série vai ao ar na semana do dia 28 de junho, data que se comemora o dia internacional do orgulho LGBT.

O primeiro episódio da série entrou no ar nesta segunda-feira e relata a dificuldade de assumir a sexualidade no futebol. Nesta terça-feira, 27, o episódio "Torcidas livres" dará visibilidade aos torcedores LGBT que frequentam as arquibancadas e outros que optam por não ir aos estádios com medo da repressão e do preconceito. Na quarta-feira, 28 de junho, será exibido o episódio "Orgulho Futebol Clube", terceiro e último da série que focará no movimento de ocupação LGBT no futebol.

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolHomossexualidadeHomossexualismo
Comentários