Esporte Interativo sobre repórter assediada ao vivo: 'Não é mimimi'

O canal se manifestou contra o 'assédio e extremo desrespeito' ocorrido no episódio

Relacionadas

A repórter Bruna Dealtry estava em uma transmissão ao vivo quando foi surpreendida com um beijo na boca dado por um torcedor vascaíno. A cobertura era do jogo da Libertadores entre Vasco e Universidad de Chile, pelo Esporte Interativo. Horas depois do vídeo ter sido divulgado junto com uma declaração da profissional, o canal também se manifestou contra o episódio ocorrido. "Não dá para aceitar assédio e desrespeito", publicaram.

No Brasil e na Europa: jornalistas mulheres sofreram agressões

Richie sobre mulheres que vão narrar a Copa: 'Não vão estar imitando'

Site vaza imagem da camisa da seleção brasileira para a Copa da Rússia

No texto postado no Facebook, o EI também fala das profissionais mulheres que integram seu time de reportagem e reforçam o orgulho de ter essas profissionais se dedicando diariamente nas coberturas esportivas. "Dias como o de ontem são dias de um forte nó na garganta", disseram. Acrescentaram, ainda, que saber que diversas outras mulheres passam por situações parecidas de "assédio e extremo desrespeito" enquanto trabalham causa profunda indgnação. 

 

Na conclusão do texto, a publicação do Esporte Interativo deixa claro sua insatisfação com o ocorrido: "Isso não é brincadeira, não é mimimi e, definitivamente, não é normal", concluiram. 

Relembre a publicação de Bruna clicando aqui e veja o comunicado do Vasco em relação ao episódio

MAIS SOBRE:

futebolLibertadores [Copa Libertadores da América]VascoEsporte Interativomulher
Comentários