Esposa e filhas de Guardiola estavam no show da Ariana Grande em Manchester

Segundo veículos de imprensa, Cristina Serra e as filhas, Valentina e Maria, saíram ilesas da Manchester Arena

Relacionadas

A mulher de Pep Guardiola, Cristina Serra, e as filhas do casal, Valentina e Maria, também saíram ilesas do atentado terrorista realizado na noite desta segunda-feira, na Manchester Arena, na Inglaterra, durante o show da cantora americana Ariana Grande. 

Segundo diversos veículos de comunicação, a família do técnico do Manchester City se encontra em perfeito estado após assistir à apresentação. 

Guardiola tem se mostrado consternado em sua conta oficial no Twitter, onde publicou mensagens enviando apoio às vítimas e seus familiares. "Chocado. Não posso acreditar no que aconteceu ontem à noite. Minhas mais sinceras condolências às famílias e amigos das vítimas." Além do treinador, alguns jogadores do Manchester City e do United se solidarizaram nas redes sociais.

 

 

Em função do atentado, os jogadores do Manchester United respeitaram um minuto de silêncio antes do início do treinamento desta terça-feira, na véspera da final da Liga Europa, contra o Ajax, que será disputada em Estocolomo, na Suécia.

Na noite desta segunda-feira, 22, um atentado terrorista ao final da apresentação da cantora americana Ariana Grande, no saguão da Manchester Arena, matou 22 pessoas e deixou pelo menos 59 feridos. O momento da detonação do dispostivo e a correria dos presentes foi gravado e publicado nas redes sociais, causando comoção internacional.

O grupo radical Estado Islâmico (EI) assumiu, na manhã desta terça-feira, a autoria do ataque. "Um dos soldados do Califado foi capaz de colocar um dispositivo explosivo em uma reunião de Cruzados na cidade de Manchester", afirmou o EI em mensagem divulgada pelo aplicativo de mensagens Telegram. /COM INFORMAÇÕES DAS AGÊNCIAS EFE E REUTERS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS SOBRE:

futebol Josep Guardiola Manchester City Manchester United
Comentários