Esquecido pelo técnico do Barcelona, Malcom pode virar o 'Mina 2'

Ex-Corinthians, atacante não é aproveitado por Ernesto Valverde

Relacionadas

Recém-contratado por 41 milhões de euros (R$ 191 milhões), o atacante Malcom, ex-Corinthians, está esquecido no elenco do Barcelona. O brasileiro estava no Bordeaux e ficou a um passo de ir para a Roma, mas rejeitou a proposta romanista na última hora para jogar no Barcelona. O problema, segundo informa o diário Sport, é que o técnico Ernesto Valverde não tem aproveitado o atleta.

Malcom foi atrapalhado por uma lesão no tornozelo, que o tirou dos campos durante quase todo o mês de setembro, mas está recuperado e foi reintegrado ao elenco. O treinador, porém, não relacionou sequer o ponta para o confronto diante do Tottenham, nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões. "O brasileiro ficou pela segunda vez consecutiva fora dos relacionados”, publicou o Sport. Na liga espanhola, o jogador soma pouco mais de 30 minutos em duas atuações como reserva, sem gols.

O jornal também alerta para as poucas chances que o atacante deve receber. O motivo: o técnico não deu chancela para a contratação do brasileiro e não considerava necessária a chegada do reforço para o setor ofensivo. Por isso, Malcom corre o risco de se tornar o "Yerry Mina nº 2", trilhando o mesmo caminho do zagueiro colombiano ex-Palmeiras, que não se firmou e acabou vendido para o Everton.

Segundo o Sport, "Valverde acata as decisões da diretoria, faz pouco barulho e trabalha com as ferramentas que lhe servem. Por outro lado, se algum jogador ou contratação não são de seu gosto, as oportunidades são escassas, para não dizer mínimas. Assim ocorreu com Mina na última temporada, e pelo mesmo caminho está indo Malcom". 

Ainda de acordo com o diário especializado na cobertura do Barcelona, Mina e Malcom nunca foram desejos do treinador. Para a vaga do colombiano, Valverde queria Iñigo Martínez, do Athletic Bilbao. Já para o lugar de Malcom, o pedido do técnico era o também brasileiro Willian, do Chelsea. "O treinador não gosta que lhe imponham contratações", lembra o veículo.

 

MAIS SOBRE:

FutebolMalcom [Malcom Filipe Silva de Oliveira]Barcelona [Futbol Club Barcelona]Liga dos Campeõesfutebol
Comentários